Atellier Carvalho, Artes Poéticas.

Rosto bonito , envelhece, cria rugas, mas, o caráter é intocável, permanece eterno! Geilda Souza de

Textos


Colibri do Amor

Colibri do amor
Autora: Geilda Souza de Carvalho

Quero ser o beija flor de seu jardim.
Adoçar seu corpo com puro mel,
Dar-te meu amor, alimento e o céu,
Do néctar da flor com cheiro de jasmim.

Voar pelos ares e sentir seu cheiro.
Tocar sua pele... Bater asas e voar.
Pousar em silêncio... E ficar atento.
E finalmente poderei te amar!

Do seu jardim jardineira serei.
Semear, cuidar, todo dia regar.
Nova semente plantará.
E para sempre te amar!

Beija-flor do amor.
Voe para longe, bem alto.
E leve o néctar da flor.
Para meu amor em assalto!

Geilda Souza de Carvalho
17 de julho de 2015
# D. A. Reservados.
atelliercarvalho
Enviado por atelliercarvalho em 16/07/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras